Blog

Quanto tempo passa com as suas amigas?
2015-10-07

Quanto tempo passa com as suas amigas?

 

Qual o estado das suas amizades?

 

Tem alguém em quem confidenciar quando está preocupada?

 

Sente-se próxima da sua rede de apoio?

 

De acordo com os estudiosos da psicologia positiva e da arte da felicidade, estas perguntas poderiam fazer parte de um check-up médico, tais como “Fuma? Bebe? Com que frequência faz exercício? Como é a sua alimentação?”


As interações sociais são a chave da felicidade humana. Somos seres sociais e, se o dinheiro ajuda, está provado que este apenas aumenta a felicidade em níveis de grande pobreza, quando o rendimento permite satisfazer as necessidades básicas que de outra forma não seriam atendidas (a fome, por exemplo). Para a maior parte da sociedade chamada desenvolvida, em sociedades como a nossa, a verdade é que mais dinheiro não traz mais felicidade. Mas passar tempo com a família e os amigos, sim!!

 

Então permita-me perguntar-lhe, mais uma vez: Quanto tempo passa com as suas amigas? Qual o estado das suas amizades?

 

Existe um período nas nossas vidas em que partilhamos tudo com as amigas: o almoço, o estudo, a happy hour, o shopping, os concertos, os cafés, os serões, as festas...

 

Mais tarde, à medida que a vida nos acontece, começamos a ter de dedicar mais tempo ao trabalho, ao desporto e, para muitas, às nossas caras-metade. Sim, que é preciso fazer tempo para o amor! E para a amizade, não é ela também amor?

 

Para as amigas, em exclusividade, sobram alguns almoços e jantares e, cada vez mais, as mensagens: os grupos de whatsapp substituem o encontro no café, a atualização do estado no facebook é suficiente partilha de sentimentos, o instagram permite a troca de experiências visuais, o snapchat...

 

E se chega a maternidade? Aí, então, deixamos mesmo de ver as amigas. Esperamos que nos esperem depois da curva da infância dos filhos, talvez depois do labirinto da adolescência. “Quando eles saírem de casa, aí é que nos vamos fartar de viajar amiga!” Sim, espera só mais uns 20 anos, pode ser?

 

E então um dia estaremos reformadas, os miúdos estarão fora de casa, e teremos finalmente tempo umas para as outras – para almoços, cafés, lanches infindáveis, passeios na praia, fins de semana no campo. Nessa altura os maridos, se os tivermos, vão apreciar o intervalo e poderemos apoiar-nos umas nas outras, rir, chorar... Mas, ainda nos (re)conheceremos nessa altura?

 

Não perca mais tempo e combine já um encontro de qualidade com as suas amigas – a duas, a três, a quatro, o que importa é estarem juntas, mesmo juntas, durante umas horas.

 

E, se não sabe onde ir ou o que podem fazer, permita-me partilhar um segredo: vão à The Manipedi – Nail Spa, a Cascais, e sejam mimadas enquanto conversam.  Se forem quatro ou mais até fecham o espaço para vocês, um domingo de manhã ou um dia depois do trabalho, e oferecem-vos champanhe e bolinhos...

 

Vamos lá ser felizes!

0 Comentários

Nome
Email
Comentário
Text